Rigor e Profissionalismo na área na Metalomecânica desde 1950.

 
Para cada cliente colocamos o nosso empenho e dedicação para encontrar soluções à medida do seu projecto, disponibilizando os produtos e serviços mais completos na área da metalomecânica.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Após 70 anos de intensa actividade, em que multiplicamos esforços e iniciativas para ultrapassar as expectativas dos nossos clientes e satisfazer as necessidades requeridas pelo sector da metalomecânica, podemos concluir que o nosso desafio será investir num aperfeiçoamento constante dos meios técnicos e humanos necessários para oferecer sempre o melhor serviço no nosso âmbito de actividade.

O empenho e a dedicação que colocamos para encontrar soluções à medida dos nossos clientes e a disponibilização de uma oferta global de produtos e serviços são os nossos objectivos primordiais.

A aquisição de novos equipamentos, espaços e a re-estruturação das actuais instalações serão partes integrantes do Programa de Qualidade Joca. Por todos estes factores, estamos convictos que estes investimentos contribuirão para fortalecer e assegurar um caminho de sucesso por muitos mais anos, através da presença e do trabalho dos meus descendentes. A nossa missão é, e sempre será, a satisfação dos nossos clientes através do Rigor e Profissionalismo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rigor e Profissionalismo desde 1950.
 
A JOCA foi fundada em 1950, no Lumiar, em Lisboa. Em 1974 transferiu-se para as actuais instalações no Prior Velho, Concelho de Loures.

Ao longo de todos estes anos de laboração a JOCA tem solidificado a sua implementação no mercado pela idoneidade e profissionalismo de que fez sua bandeira e pelo desenvolvimento e actualidade a que sempre se obrigou, mantendo-se, contudo, como empresa familiar.

Com um parque de máquinas-ferramentas de cerca de 200 unidades, onde se atingem capacidades máximas em Portugal, está a JOCA muito vocacionada para a reparação, recuperação e manutenção de equipamentos e empresas, além do fabrico de equipamento para elevação de cargas e para energias alternativas. Estes fabricos também são comercializados, montados e assistidos pela JOCA.

O "Ex-libris" é no entanto, a tradicional máquina de cortar legumes e tubérculos, mais conhecida por máquina de "Caldo Verde", que, tendo sido inventada pelo Fundador em 1954, ainda hoje é fabricada em grande quantidade e comercializada em Portugal e no estrangeiro.